ali onde já não estou mais

Pesquisa fotográfica utilizando sobreposição de fotografia digital. Como fotografar aquilo que não existe mais? Esse trabalho é uma tentativa de fotografar o desparecimento, o fugaz, o intangível, o tempo e o espaço de um "piscar de olhos", traduzindo em imagens o arrebatamento e a perplexidade experimentados diante daquilo que um dia existiu, mas que não está mais lá.

 

ali onde já não estou mais

2017/2020