lugar de mulher

A instalação ‘lugar de mulher’ parte da reconstrução do ambiente doméstico para desconstruir o discurso dominante estimulado pelo machismo estrutural. Um dos mais nocivos e opressores estereótipos da mulher brasileira, criados e alimentados por décadas, é o da esposa coadjuvante devotada ao marido e aos filhos, subserviente, prendada e submissa. O trabalho dá voz, através da edição da letra de uma canção popular, a uma personagem que se insurge contra a violência doméstica de que é vítima, reescrevendo a própria história.   

Ano de produção: 2017-2020

Técnica: mista. objetos domésticos, tapete, tecido, apliques, linha, tinta para tecido e 2 marcadores de fila de metal, Dimensões totais. 1m2 100x100cm.