marina santa teresa (2014-2016)

instalação fotográfica que se apropria de representações da vida à beira à mar para, metaforicamente, abordar conceitos de ausência e presença, tempo e contratempo, início e fim; frustração, e correção de rota, propondo um poema visual sobre o caráter cíclico das fases que experimentamos na vida.

Técnica: madeira e fotografia digital, impressa em papel vegetal, com jato de tinta.

 

Dimensões: Fotografias (20x20cm) Instalação: 100x100x1.5cm