marina santa teresa (2014-2016)

Ensaio fotográfico, utilizando fotografia digital e que, no formato de uma crônica visual, busca refletir sobre o que acontece quando nutrimos expectativas sobre um projeto e ele não se concretiza: "alea jacta est: se existe um certeza na vida é a de não temos controle de absolutamente nada e que a aleatoriedade é o que encanta". esse trabalho se apropria de representações da vida à beira à mar para, metaforicamente, abordar conceitos de vida e morte; início e fim; frustração, correção de rota e o caráter cíclico das fases que experimentamos na vida, à deriva e ao sabor da sorte e do vento.

Fotografia impressa em papel alfacelulose, com pigmento mineral, nas dimensões 20x20cm.